Esperantinópolis: Um mato sem cachorro

Passeando pela região, encostei na cidade de Esperantinópolis e encontrei um amigo de longas datas.

-Fala meu amigo, quanto tempo.
– Fala Rogério, você tá muito muito sumido moço.
– Muito serviço amigo, quais as novidades na terra da esperança?
– rum, nem fale. Aqui nos estamos em uma mato sem cachorro. Prefeito aqui é conhecido como o ” Come só “. E pior não faz nada. Sinto tanta inveja de vocês.
– Inveja?
-Sim, inveja. Prefeito de vocês é topado, todo dia tu posta obras meu irmão e nós aqui nada. Fica só o Melk falando besteira e defendendo sem argumentos em grupos de Watssap.
– ah tá, pois amigo vocês tem que arrumar alguém pra da um pé na bunda desse homem.
– pior ainda que aqui tão tentando levantar o nome de Rogério Almeida.
– E não seria um bom nome?
– Tá louco, meu irmãozinho esse cara não sabe onde fica, não tem posição política. Mais guloso que Aluisinho. Tu acredita, que ele era Raimundinho, ai rodou o Raimundinho pra ficar com Aluisinho. E agora já tá contra o Aluisinho, querendo ser prefeito e ser o Salvador da Pátria.
– E vocês vão aceitar isso meu amigo.
– rapaz pior que aqui circula na cidade, que os vereadores da oposição e os ex-prefeitos tão tudo comprado pelo Rogério Almeida. Estão todos puxados pelos beiços.
– ferrou.
– Pois é, aqui ou aparece um nome novo ou vou mudar meu domicílio eleitoral para Poção de Pedras.
– Mas vejo tantos nomes bons, tem o Carlos Barroso, Jucilene Uchôa, Dr. Raimundinho, Dra. Karla Muniz e Marquim da Rita
– Rapaz nem te conto, tão fazendo uma via alternativa. Mas, não sei não. Ta parecendo mais jogada do Aluisinho.
– Eita lasqueira. Vem logo pra poção meu irmão. Do jeito que vai, vai da Aluisinho de novo.
– Tem rumo. Indo ali Rogério.
– Na hora, tô indo ali também na arena Merval, comer uma picanha com meu amigo Marquim da Rita e meu ídolo Cebinho.

Fonte:Blog das Lobas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.